Memorial (2)

 O ex-deputado e ex-senador Artur da Távola faleceu na última sexta-feira, dia 9, no Rio de Janeiro. Por coincidência, 20 anos atrás, exatamente em maio de 1988, travou-se na Assembléia Nacional Constituinte uma batalha em torno da regulação das comunicações no Brasil que teve no então ex-deputado do PMDB um de seus mais importantes personagens.

Sábado, 01 Novembro 2014 16:11

Cláudio Pereira (Jornalista)

Foto - Luizinho Ferreira

12d - O POVO/People - Fortaleza-ce, 12 de janeiro de 1997

 

Ele sonha de dia, um sonho fonte, um sonho forte, que estimula a ação e aposta num futuro que não seja bárbaro. O Entusiasmo é de quem vive como se nunca tivesse que morrer. O bom humor imperar, de quem é generoso com a vida.

Excelente administrador, ele é mestre na boemia. O moleque madruga, mas o funcionário público também, fanático pelo trabalho. Madrugadas límpidas, olhar lavado.

Sempre disposto, vai servir a sua cidade como se fosse dia de festa.

Nossas diferenças reforçam o amor enigmático, impenetrável. conseguimos sentir intensamente o outro, sem deixar de ser o que somos. O meu sentimento de transitoriedade deslumbra-se com a sua "cearensidade"; eu sou de casa, ele de rua; preciso pensar para ser boa, ele não; não raro a sua calma paira acima dos meus impulsos. A sua vaidade flui, natural, assumida, o meu acanhamento com o mundo permanece.

Temos a lealdade para compartilhar. Disse alguém que há um signo infalível pelo qual a gente sabe que ama um outro qualquer, é quando seu rosto nos inspira mais desejo físico do que qualquer outra parte do seu corpo.

No seu retrato, não tem sombras nem violência.

É a doçura e a transparência que seduzem. Sem fim.